Mostra Estufa 2021

26 + 27 (19h30) Novembro 2021 – Teatro Campo Alegre

Memória – Maurício Jara & Bruno Machado

Memória é um projeto que visa estudar o que nos torna humanos: a capacidade de imaginar e criar realidades que transformam e moldam as experiências de cada um. É uma breve exploração da estranha natureza da nossa consciência. Pretende-se “pôr a nu” a complexidade do cérebro e dos seus “transtornos” de forma natural, para os desmistificar, abordando-os através do circo contemporâneo. Aprender a controlar os impulsos, emoções e tudo o que provém do mundo imaginário de cada ser humano não é uma tarefa fácil, mas é uma luta travada diariamente.
Será possível aprender a tirar proveito dos “transtornos” humanos? Quem sabe, talvez o “pequeno” transtorno de cada um possa ser um superpoder?

Cocriação e interpretação MAURICIO JARA
Cocriação BRUNO MACHADO
Pesquisa ANDRÉS JARA
Composição musical LUCA ARGEL
Cenografia ANDRÉ SANTO
Coordenação técnica ANDRÉ BORGES
Desenho e operação de luz ANDRÉ CARVALHO
Produção SARA LAMARES
Gravação e edição vídeo arte, design gráfico, vídeo e fotografia ASHLEIGH GEORGIOU
Assessoria de imprensa JOANA de BELÉM


Mellow Yellow – TBTF

Nesta peça, a vida quotidiana e a performance unem-se. A vontade é que, entre estes dois elementos vistos em paralelo, a fronteira seja o mais ténue possível. Através do jogo, as noções concretas tornam-se abstratas e depois totalmente absurdas. Queremos obter inspiração na realidade para ir a um lugar inexistente e jogar com a noção comum a todos, o tempo. Intérprete, espectador, cada indivíduo desempenha o seu papel, o status não é definido por um papel, mas pelas ações realizadas. O espaço do palco não é definido pelas suas extremidades, mas pela perceção de cada um, e pela imaginação. As diferenças de culturas e idiomas revelam-se na criação das três personas em palco. Através de seu caráter único, encontram o seu caminho com a direção a um objetivo comum, criando Mellow Yellow – uma osmose entre os três universos complementares.

Direção artística JOHAN LESCOP, ISABELLE LEROY (coreografia)
Interpretação, cocriação e cenografia JURI BISEGNA, OTTAVIO STAZZIO, RICARDO S. MENDES
Figurinos JUSTINE HAVARD
Desenho de luz lescopycats
Fotografia JULIE CHERKI


ferro à ferrugem – Alan Sencades

A ferrugem é testemunha da ação do tempo sobre as vidas, sejam orgânicas, como a existência humana, ou inorgânicas, como o metal moldado nos instrumentos de sopro. ferro à ferrugem evoca melodias e imagens sobre a maturação, envelhecimento e renascimento dos corpos, sobre suas mudanças e memórias, sobre as distorções e adaptações que os dias impõem aos esqueletos vivos e inanimados.

Criação e interpretação ALAN SENCADES
Música ao vivo BÁRBARA LOPES (fagote)
Iluminação RAFAEL FRANÇA  


Duração Aproximada – 1h10 com 2 intervalos

Classificação etária – M12

Bilhete Conjunto – Bilheteira Teatro Municipal do Porto